Tratamento de Glaucoma com preços mais acessíveis em clínicas particulares

  • Pacote completo com equipe médica, lente e exames oftalmológicos
  • Parcele em até 10 vezes
Saiba mais

Quem somos

Somos uma empresa que ajuda quem precisa operar a visão a encontrar uma clínica segura e com condições facilitadas de pagamento.

Aqui você encontra a clínica ideal para fazer o seu Tratamento de Glaucoma e ainda conta com um atendimento humanizado antes, durante e depois do procedimento.

O que nos faz únicos

Oferecemos preços mais acessíveis e acompanhamos o paciente do primeiro contato até o pós-operatório.

A maior central de agendamento do Brasil: mais de 12 mil cirurgias realizadas

Orçamentos completos, sem surpresas

Em todas as regiões do Brasil: 14 estados e mais de 30 cidades

Qualidade inigualável: NPS de 92%

Mais de 50 clínicas de 200 cirurgiões afiliados

O que é o glaucoma?

O glaucoma é uma doença muito perigosa, sendo a principal causa de cegueira irreversível no mundo, de acordo com a OMS. Ele está ligado ao aumento da pressão intraocular, que causa lesão no nervo óptico e pode comprometer a visão seriamente. Por isso, é fundamental que o paciente procure atendimento oftalmológico o quanto antes, a fim de evitar danos na vista que não podem ser revertidos.

O glaucoma é dividido em alguns tipos, sendo uns mais sérios do que outros. Porém, independente disso, todos os tipos apresentam grave risco à visão do paciente.

Tipos de glaucoma

O glaucoma crônico simples ou de ângulo aberto é o tipo mais comum, representando cerca de 80% dos casos. Trata-se de uma doença silenciosa e que, normalmente, acomete pacientes de mais de 40 anos. Nele, a doença é progressiva e a lesão no nervo óptico é permanente.

O glaucoma agudo ou de ângulo fechado acontece quando há um bloqueio na saída do humor aquoso - líquido que nutre a córnea e o cristalino, e que regula a pressão ocular. Este tipo de glaucoma é emergencial, já que o aumento da pressão do olho acontece de forma súbita.

O glaucoma secundário, assim como é chamado, possui causas secundárias. Normalmente, a condição passa a existir por conta de medicamentos, outras doenças oculares sistêmicas, traumas ou lesões nos olhos.

Por fim, o glaucoma congênito é aquele que já nasce com o paciente. É mais raro e exige um tratamento imediato.

Como é o tratamento para glaucoma?

Sendo uma doença tão prejudicial à visão, buscar o tratamento de glaucoma é essencial. Uma vez que há tipos diferentes de glaucoma, os tratamentos também variam. Entenda abaixo.



Tratamento glaucoma de ângulo aberto

O tratamento desse tipo de glaucoma envolve colírios específicos, na maioria das vezes. Em alguns casos, também podem ser prescritos medicamentos para ingestão que controlam a pressão intraocular. A terceira alternativa é o tratamento a laser, que ajuda na desobstrução da circulação do humor aquoso. E, ainda, pode-se ter a indicação da cirurgia de glaucoma.



Tratamento glaucoma de ângulo fechado

O glaucoma de ângulo fechado é uma emergência médica. Sendo assim, seu tratamento deve ser imediato. Em geral, são utilizados colírios, pílulas e medicamentos intravenosos para o controle da pressão intraocular. Dependendo do caso, também pode ser necessária uma cirurgia emergencial - a iridotomia.



Tratamento glaucoma secundário

O tratamento do glaucoma secundário também é à base de colírios especiais para a diminuição da pressão intraocular. Embora esses medicamentos consigam conter a evolução da doença, eles não revertem os danos que já foram causados. Em alguns casos, a cirurgia de glaucoma também pode ser indicada.



Tratamento glaucoma congênito

O quarto e último tipo de glaucoma costuma ser tratado diretamente com intervenção cirúrgica, para que as câmaras do ângulo sejam desobstruídas.

Como é a cirurgia de glaucoma?

A cirurgia de glaucoma costuma ser indicada pelos médicos oftalmologistas em último caso, como quando a doença já não fica mais controlada com os tratamentos convencionais. O objetivo do procedimento é diminuir a pressão intraocular, evitando um maior comprometimento da visão. Há três tipos de cirurgia de glaucoma.



Trabeculoplastia a laser

Nessa cirurgia, uma combinação de frequências de laser é usada para tratar células danificadas, sem atingir as que ainda estão boas. A cirurgia pode ser feita mais de uma vez para atingir resultados melhores.



Iridectomia a laser

A iridectomia é um dos tratamentos para o glaucoma de ângulo fechado. No procedimento, o profissional faz uma pequena abertura na íris do paciente, para que o humor aquoso possa circular livremente. Isso permite que a substância volte a regular a pressão intraocular.



Trabeculectomia

A trabeculectomia, em geral, é indicada quando os tratamentos convencionais não surtem o efeito desejado, permitindo a progressão da doença. Assim, é aberta uma pequena passagem para drenar o humor aquoso, refletindo no controle da pressão intraocular.

Na mídia

O que falam sobre o nosso trabalho

Dúvidas frequentes

Os sintomas do glaucoma variam de acordo com o tipo da doença. O glaucoma mais comum, que é o de ângulo aberto, normalmente não gera nenhum sintoma. É normal, inclusive, que o paciente só procure ajuda médica depois de começar a perder a visão, pois, antes, a doença é assintomática. Já no caso do glaucoma de ângulo fechado, o paciente pode ter dor nos olhos, visão turva ou dificuldades de enxergar, olhos vermelhos e com aparência inchada, náuseas e vômitos. Este tipo da doença é mais agressivo. Então, logo nos primeiros sintomas, é fundamental procurar um oftalmologista. Por fim, o glaucoma congênito pode causar sintomas como vermelhidão e inchaço nos olhos, nebulosidade, sensibilidade à luz e lacrimejamento.

Infelizmente, o glaucoma não tem cura. Apesar disso, há tratamentos que influenciam a interrupção do crescimento da doença. Os possíveis danos causados não podem ser revertidos, porém, pode-se evitar que novos danos aconteçam e preservar a visão.

Não é possível afirmar com exatidão em quanto tempo o glaucoma pode comprometer a visão por completo. Isso depende do tipo da doença e, também, do quadro único de cada paciente. No caso do glaucoma de ângulo aberto, pode levar de dez a 20 anos para que o paciente chegue à cegueira. Já no glaucoma de ângulo fechado, é possível perder a visão de um dia para o outro.

O valor total de uma cirurgia de glaucoma envolve a consulta pré-operatória, os exames solicitados, a cirurgia, as consultas pós-operatórias e os medicamentos prescritos para a recuperação. Sendo assim, o preço final depende de diferentes fatores, como região geográfica, clínica escolhida, exames solicitados, entre outros. Na Central da Visão, você encontra clínicas especializadas que fazem cirurgia de glaucoma a preços mais acessíveis.
Além disso, o custo total também varia de paciente para paciente, já que trata-se de um procedimento personalizado. Portanto, na Central da Visão, o paciente ainda contará com valores mais acessíveis, mas só receberá o orçamento da cirurgia após a avaliação do cirurgião. Clique aqui e saiba mais!

Depoimentos

Confira alguns comentários de pacientes Central da Visão.

Haroldo Santos
Haroldo Santos
30/11/2023
Eficiência e rapidez, em servir.
Jussara Lopes
Jussara Lopes
30/11/2023
Foi ótima pessoas bem educadas ótimos profissionais
Bruno Baumgartner
Bruno Baumgartner
29/11/2023
Agradeço a central da visão pelo atendimento e encaminhamento sem burocracia!!! A clínica cco , com o Dr fabio Nero e sua equipe... Recomendo a central da visão !!!!🙏🙏🙏
Bianca Carine
Bianca Carine
29/11/2023
Lugar e profissionais nota 1000 indico muito !!!!
Luiza Moreira
Luiza Moreira
29/11/2023
Maravilhosa !!!! Atendimento com os melhores profissionais.
Elisabeth Andreotti
Elisabeth Andreotti
29/11/2023
Foi excelente !
Ocicler Martins
Ocicler Martins
29/11/2023
Ótimo

Copyright PagMed. Todos os direitos reservados.

Termos de Uso - Política de Privacidade - SAC Fale Conosco

Copyright PagMed. Todos os direitos reservados.

O site da Central da Visão é de propriedade da Pagmed Meios de Pagamento Especializados e Prestação de Serviços Administrativos Ltda. registrada sob o CNPJ 25.186.815/0001-38