Glaucoma crônico: o que você precisa saber

Entenda sobre o glaucoma crônico e saiba como agir caso tenha algum sintoma.

O glaucoma é uma doença oftalmológica que causa uma lesão irreversível das fibras nervosas e, por consequência, pode levar à perda da visão. Ele pode acometer pessoas de todas as idades, mas, principalmente adultos acima dos 40 anos.

A medicina divide o glaucoma em quatro tipos, entre eles: glaucoma agudo, também chamado de glaucoma de ângulo fechado; glaucoma de ângulo aberto, também chamado de glaucoma crônico; glaucoma congênito e glaucoma secundário.

Entenda mais sobre o glaucoma crônico, a forma mais comum de manifestação da doença.

O que é o glaucoma crônico

Também conhecido como glaucoma de ângulo aberto, o glaucoma crônico é o tipo mais comum da doença. As causas para a manifestação do glaucoma crônico ainda são desconhecidas pela medicina, mas acredita-se que a hereditariedade tenha influência no surgimento da doença. Diferente do que ocorre com o glaucoma de ângulo fechado, este tipo progride de forma lenta, entretanto, a lesão causada ao nervo ótico do paciente é permanente.

Quais os sintomas do glaucoma crônico

Os pacientes acometidos pelo glaucoma crônico costumam não apresentar sintomas até que comece a perda gradual da visão periférica lateral, também chamada de visão tubular.
Por ser assintomática, essa manifestação da doença costuma ser de difícil identificação por parte do paciente, por isso, é importante consultar-se regularmente com um oftalmologista a fim de obter o diagnóstico o mais breve possível.

Tratamento para glaucoma crônico

O tratamento para o glaucoma de crônico pode ter sucesso apenas com o uso de colírios. No entanto, isso não é regra. Pode ser preciso ingerir medicamentos que controlem a pressão intraocular, além de outros tipos de tratamento, como o tratamento à laser – que ajuda na desobstrução da circulação do humor aquoso – e a própria cirurgia de glaucoma. Vale lembrar que somente um médico oftalmologista, por meio de consulta clínica e exames, é que será capaz de recomendar o tratamento mais indicado.

Glaucoma tem cura?

O Glaucoma não tem cura mas, com o diagnóstico em fase inicial e o tratamento adequado, a doença pode ser controlada. A expectativa de tratamento e recuperação para o glaucoma pode variar de acordo com o tipo de manifestação da doença, mas, em geral, o diagnóstico e tratamento imediatos são essenciais para salvar a visão do paciente.

Como prevenir a evolução do glaucoma

O glaucoma não pode ser prevenido, entretanto, o diagnóstico precoce é crucial para evitar que o paciente perca a visão. Por isso, o ideal é visitar regularmente um médico oftalmologista a fim de realizar exames periódicos e garantir que, ao menor sinal da doença, você tenha o tratamento adequado imediatamente.

Onde fazer o tratamento de glaucoma

A Central da Visão possui clínicas afiliadas em diversas cidades do Brasil com oftalmologistas especializados em glaucoma. Além disso, a Central da Visão negociou com suas clínicas afiliadas preços mais acessíveis para a consulta, tratamento e cirurgia de glaucoma. Para receber os preços e mais informações clique aqui ou ligue 0800-608-2130.

Importante!

Esse texto busca sensibilizar os pacientes a buscarem tratamento oftalmológico. Só o médico oftalmologista é capaz de diagnosticar e indicar os tratamentos e/ou cirurgias mais indicadas. Texto revisado pela Dra. Bárbara Nazareth Parize Clemente, CRM SP: 169506, Título Especialista (RQE): 74181. Médica oftalmologista graduada pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde / PUC-SP, residência médica no Hospital de Olhos Aparecida, subespecialização pelo Instituto da Visão IPEPO.
Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, ligue grátis para 0800-608-2130.

Copyright PagMed. Todos os direitos reservados.

Termos de Uso - Política de Privacidade

Copyright PagMed. Todos os direitos reservados.

O site da Central da Visão é de propriedade da Pagmed Meios de Pagamento Especializados e Prestação de Serviços Administrativos Ltda. registrada sob o CNPJ 25.186.815/0001-38